Página Inicial Fundamentos de Biometria Benefícios da Biometria
Benefícios da Biometria PDF Imprimir
Escrito por José Alberto Canedo   

O método de autenticação mais comum são as senhas e os cartões, usados em computadores, redes, sites da web, áreas restritas, caixas eletrônicos, comércio tradicional e eletrônico, planos de saúde, etc. Senhas e cartões tem inúmeros problemas que nos permite questionar sua adequação as aplicações atuais, principalmente as de natureza financeira e médica. Quais benefícios podemos esperar então da Biometria?

Aumento da segurança

Métodos de autenticação existem para garantir que os recursos serão acessíveis a usuários autorizados e serão protegidos de usuários não autorizados. A sua conta bancária deve ser acessível unica e exclusivamente por você, por exemplo.

Senhas são facilmente comprometidas, uma vez que a maioria dos usuário tende a usar senhas fáceis de adivinhar. Também é comum que os usuários compartilhem a mesma senha entre diversos serviços, sem questionar como essas senhas estão sendo armazenadas por estes serviços. É muito comum os administradores de sistemas forçarem os usuários a usarem senhas mais difíceis, contendo símbolos, caracteres e números, mas isso só aumenta a probabilidade do usuário esquecer a senha ou até mesmo anotá-la em algum lugar não seguro. Os cartões ou tokens podem ser perdidos, roubados e até clonados.

Dados biométricos por sua vez, não estão podem ser adivinhados ou roubados da mesma forma que as senhas e cartões. Embora os sistemas biométricos não sejam invioláveis, é infinitamente mais complicados adivinhar ou roubar a característica biométrica de uma pessoa. Embora a cópia de algumas biometrias seja possível (como fotos e impressões digitais), é cada vez mais difícil enganar os sistemas biométricos com fotos da face de uma pessoa ou moldes de uma impressão digital, mesmo considerando que o impostor conseguiu coletar essas características com qualidade, o que também é improvável.

Senhas e cartões por outro lados são facilmente copiados, sem perda de qualidade. As formas mais comuns de se comprometer senhas e cartões são:

  • através de software tipo cavalo de Troia que lêem tudo que é digitado no teclado do computador;
  • ler a senha diretamente quando a pessoa está digitando ("sholder surfing");
  • procurar nas coisas da pessoa senhas que tenham sido anotadas;
  • email fraudulento (scam) com link para página falsa onde se coleta os dados do usuário;
  • adivinhação através de "dicionário" de senhas fáceis e dados pessoais do usuário;
  • força bruta, através da tentativa de todas as possibilidades de senha;
  • leitores "vampiros" nos caixas eletrônicos que lêem os dados do cartão para clonagem;
  • roubo da base de dados central contendo todas as senhas de usuários.

Como a biometria requer a leitura em tempo real de uma característica de um ser vivo, pode ser virtualmente impossível efetuar uma cópia confiável dessas característica física que possa ser apresentada a um sensor. Por exemplo, o sistema vascular, além de ser complexo e interno ao corpo e sua leitura só funciona com circulação sanguínea ativa. Além da redução drástica do roubo de identidade, o uso da biometria tem outro impacto positivo na segurança, o aumento da privacidade. O roubo de senhas e cartões também são praticados com a intenção de acessar documentos e informações privadas dos usuários de sistemas. Na prática, com as senhas corretas, podemos descobrir muito sobre a vida privada de uma pessoa, e a biometria pode ajudar os indivíduos na proteção de sua privacidade.

Depois de roubadas as senhas e cartões, estes são usados das mais diversas formas, causando prejuízos bilionários todos os anos. Entre as práticas mais comuns estão o roubo de dados e informações sigilosas, roubo de valores em contas bancárias, requisição fraudulenta de benefícios e compras com cartões clonados.

Aumento da conveniência e usabilidade

Senhas são facilmente esquecidas e usar a mesma senhas para tudo é extremamente inseguro, cartões também podem ser esquecidos ou perdidos.

A biometria é algo que você é, está com você o tempo todo, não pode ser perdido ou esquecido. Em sistemas de computador onde uma biometria pode substituir dezenas de senhas a conveniência existe tanto para o usuário quanto para o administrador de TI. A eliminação do cartão em pontos de venda simplifica muito a vida do usuário que não precisa mais se preocupar em carregar um monte de cartões. Em clubes e academias, o usuário muitas vezes nem tem onde por o cartão, quando vai entrar em uma piscina por exemplo.

A usabilidade de sistemas também se beneficia da biometria, pois sistemas de alta segurança que antes contavam com senhas, cartões e até intervenção humana nos casos mais restritos, tem agora uma opção de alta segurança que não envolve pessoas nem processos complexos para garantir o mesmo nível de segurança.

Redução de custos e combate a fraude

É típico que uma mesma pessoas tenha dezenas de senhas para dezenas de sistemas em uso em uma empresa e isso custa caro. Os usuários tem a tendência esquecer suas senhas, e quando isso acontece, essas pessoas ficam sem trabalhar até que a área de TI resolva o problema. A área de TI, por sua vez, tem que alocar recursos para resolver esse tipo de problema, que é extremamente comum. Quando mais a área de TI tenta aumentar a segurança dos sistemas - com senhas mais complexas trocadas freqüentemente, por exemplo - pior a situação fica, e mais cara.

Outro cenário característico pré-biometria é o do "buddy punching", situação onde um colega de trabalho bate o ponto para o outro que está ausente. A empresa irá pagar as horas normalmente para o funcionário, mas o mesmo não está trabalhando. Estima-se que o buddy punching pode custar até 5% da folha de pagamento de uma companhia. Situação parecida ocorre com seguros saúde, onde um pessoa usufrui do serviço indevidamente com a conivência do beneficiário real que "empresta" seu cartão a essa pessoa.

A autenticação via biometria não só reduz o custo associado as trocas de senha, como também ajuda no combate a fraudes facilitadas com o roubo de senhas. A biometria ajuda a impedir que uma pessoa se passe por outra reduzindo as fraudes recorrentes em folhas de pagamento e seguros saúde.

No Brasil é mais comum do que se imagina, uma mesma pessoa obter dois ou mais documentos de identidade com nomes diferentes. Essas pessoas normalmente visam:

  • Fraudar instituições financeiras, obtendo empréstimos com nomes fantasmas;
  • Obter múltiplos benefícios sociais, como o bolsa família, usando nomes diferentes;
  • Votar mais de uma vez;
  • Praticar os mais diversos crimes usando nome falso;
  • Repúdio: poder negar a prática dos crimes cometidos usando um nome falso;
  • Limpar sua ficha criminal, criando uma identidade completamente nova, que permitirá praticar novas fraudes.

Esses casos de identidade falsa não podem ser tratados por sistemas convencionais, apenas a biometria tem a solução para esses problemas. A biometria permite fazer a identificação negativa, ou seja: é possível através da biometria determinar se uma pessoa já está cadastrada no sistema usando outro nome qualquer. Como a biometria identifica unicamente a pessoa, se ela já existe com outro nome na base de dados, o sistema irá identificá-la. A biometria evita o pagamento duplo de benefícios além de outros crimes de falsidade ideológica.

A biometria dificulta o repúdio ao associar fortemente a pessoa ao seu ato. Impressões digitais encontradas em cenas de crimes são amplamente aceitas como provas de que uma determinada pessoa esteve naquele local e tem sido muito importante para a segurança pública e justiça. Da mesma forma, a coleta de impressões digitais no fornecimento de benefícios impede que as pessoas neguem ter recebido o benefício e tentem receber novamente usando outra carteira de identidade.

 

Copyright © 2010-2011 Fórum Biometria.  Todos os direitos reservados.